Como ter mais segurança no momento de alugar um imóvel?

Como ter mais segurança no momento de alugar um imóvel?

Alugar um imóvel pode ser mais simples do que parece. Mas, assim como em qualquer negociação, é preciso tomar alguns cuidados para garantir o máximo de segurança durante o processo.

Nesse contexto, inquilinos e proprietários devem ter atenção a pontos específicos, como as cláusulas do contrato, o estado da propriedade e assim por diante.

Pensando nisso, elaboramos algumas dicas práticas para que você não tenha dor de cabeça durante essa empreitada.

O que fazer para alugar um imóvel?

Proprietários

É importante analisar uma série de detalhes antes de anunciar o imóvel para locação. A apresentação é, sem dúvidas, um fator que pode fazer a diferença.

Reflita: você se interessaria por uma casa ou apartamento mesmo depois de ter uma péssima primeira impressão a respeito? Portanto, faça uma boa limpeza quando for apresentar o seu imóvel!

Inquilinos

Estes, por sua vez, devem analisar se a propriedade em questão atende às suas necessidades em relação ao espaço e à localização. Depender de apenas uma imobiliária também pode limitar suas possibilidades de busca.

O contrato, que interessa a ambas as partes, deve conter:

  • preço do aluguel;
  • tempo de vigência;
  • garantia – como o seguro aluguel;
  • penalidades em casos de conflitos ou inadimplência.

Lembre-se de se prevenir e conhecer a fundo o acordo firmado. Assim, você evita surpresas negativas.

Quais são as principais práticas de segurança ao alugar um imóvel?

Proprietário

Para alugar um imóvel com segurança, tenha atenção aos seguintes aspectos:

  • conserve o imóvel da melhor maneira possível;
  • faça os reparos necessários no piso;
  • realize uma manutenção na parte hidráulica;
  • cuide da pintura;
  • acompanhe as vistorias;
  • registre as condições de entrega e, posteriormente, de recebimento do imóvel;
  • verifique o contrato e certifique-se de que ele está conforme o combinado.

Inquilino

Os inquilinos também devem ficar de olho em algumas questões:

  • defina um perfil de imóvel (dormitórios, tamanho, bairro etc.) para buscar;
  • visite o máximo de imóveis que puder;
  • repare na localização e nas ofertas de comércio, serviços e lazer da região;
  • informe-se sobre todas as despesas envolvidas (aluguel, IPTU, água, luz etc.);
  • tenha certeza de que esses valores não ultrapassam 30% de sua renda familiar;
  • cheque os dados e cláusulas do contrato.

Enfim, no momento de alugar um imóvel e se mudar, ninguém quer encarar dificuldades desnecessárias ou burocracias, não é mesmo? Por isso, nada melhor do que contar com transparência, praticidade e rapidez durante esse processo! Lembre-se que estamos aqui para ajudá-lo com isso.

Se você gostou deste conteúdo, aproveite para compartilhá-lo em suas redes sociais e não deixe de marcar seus amigos e familiares!

Posts Relacionados

Comparar